Foto: Sindimed-MT

Sindimed-MT: existem mais de 200 médicos infectados por Covid-19

Sindimed-MT

Em live na manhã desta quinta-feira (16), o diretor de Comunicação do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso, o Sindimed MT, Adeildo Lucena fez um apanhado geral sobre a situação dos médicos nesse momento da pandemia.

Adeildo falou que hoje já são mais de 200 médicos infectados, alguns afastados por serem do grupo de risco.

Falou dos vários sintomas da covid e que em cada pessoa o coronavírus se manifesta de maneira diferente. E que se é temeroso se passar ki covid para todo mundo se cada organismo reage de um jeito diferente.

“O diagnóstico depende de cada médico. O médico que define, de acordo com a sua avaliação clínica, qual exame deve ser pedido e qual tratamento deve instituído, sendo as medicações prescrita com o devido consentimento do paciente.”, disse Adeildo.

Outra pauta foi a falta de condições de trabalho que incluem EPIs de qualidade ruim e que isso é um dos motivos que não se encontra médicos para contratar. E que contratar médicos do exterior via Revalida é trazer médicos sem a formação necessária para atender na pandemia e que há recém-formados contaminados internados na UTI em Cuiabá.

Ele frisou que é necessário material de primeira para proteção não só dos médicos, mas também de todos os profissionais de saúde. “Aí o profissional se contamina e fica doente. É culpa do profissional de saúde?”, disse Adeildo.

O Sindimed que foi a favor do lockdown disse que, como entidade, nunca foi chamada para dar sua contribuição em políticas nem pelo governo, nem pelas prefeituras.

Confira mais na live.


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário