Foto: Reprodução

Sesp prevê captação de R$ 770 milhões em projetos para investimentos

Da Redação

Por meio do Escritório Diretivo de Projetos, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) tem um banco de projetos orçados em R$ 770 milhões para a reestruturação da própria secretaria e as forças policiais, adequação de espaços nas unidades penitenciárias, atendimentos aos adolescentes em conflito com a lei, qualificação das ações de inteligência da Polícia Militar, melhoria dos atendimentos do Corpo de Bombeiros, dentre outros projetos.

O Comitê de Gestão de Projetos (que reúne todos os diretores das unidades) priorizou o portfólio de projetos por intermédio de critérios estratégicos pré-definidos. Do valor total a ser buscado de R$ 770 milhões, já foram cadastrados em possíveis fontes o montante de R$ 187 milhões.

Já estão aprovados R$ 82 milhões deste montante cadastrado, que já começam a ser executados no primeiro semestre de 2020.

Segundo a analista do Escritório de Projetos da Sesp, Florinda Lafaete, a captação de recursos externos é importante não só para a execução de projetos, mas também para motivação dos servidores em buscar soluções hoje limitadas pela restrição orçamentária no montante disponibilizado na Lei Orçamentária Anual (LOA), na qual 90% estão comprometidas com as despesas de folha e manutenção administrativa. “Precisamos de alternativas de recursos para potencializar nossa capacidade operacional e melhoria no atendimento tanto físico quanto tecnológico”, explica.

“Com a limitação orçamentária, muitas vezes o Estado tem policial, mas não tem arma; tem delegado, mas não tem delegacia. Outras vezes o servidor não tem mesa adequada, computadores com mais tecnologia para desenvolver o trabalho. A busca por outras fontes de financiamento da segurança pública é fundamental para melhoria da pasta”.

Neste ano, o Escritório de Projetos também vai buscar parcerias com os Conselhos da Comunidade, os Conselhos de Segurança Pública, além de organizações sociais e não governamentais para buscar recursos para prevenção em segurança pública.

Fonte: Assessoria


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário