Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Pesquisa revela que quase 30% dos cuiabanos irá usar 13º para pagar dívidas

Da Redação

Todo brasileiro fica na expectativa de receber o seu 13º salário, principalmente em um ano tão atípico quanto o ano de 2020 devido a pandemia. De acordo com a CLT esse benefício deve ser pago em duas parcelas, sendo a primeira com depósito até o fim de novembro, já a segunda até o dia 20 de dezembro.

Com objetivo de saber de que forma a maioria dos cuiabanos irão gastar a primeira parcela do 13º salário que está prestes a ser injetada na economia local, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá) realizou uma pesquisa de mercado e constatou que, como já é tradicional, grande parte dos cidadãos vai pagar dividas, ou seja, 29,7% dos entrevistados.

“Historicamente a primeira parcela é direcionada para pagamento de dívidas, são muitas as oportunidades de negociação com credores nesse período do ano, então vale a pena realmente aproveitar para ficar adimplente e conquistar crédito no mercado”, salientou o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja.

Esse resultado é seguido de 17,4% que deseja fazer compras diversas com o recurso, 4,4% que irá viajar, e 18,8% que vai economizar. O número das pessoas que ainda não sabem o que irão fazer com o dinheiro também é alto, 29,7%.

“Apesar de quase 19% estar pensando em poupar, outros 29,7% ainda não sabem o que fazer, isso demonstra uma necessidade real de trabalharmos mais o tema educação financeira, são poucas as pessoas que possuem um planejamento financeiro pessoal”, diz o superintendente.

Segunda parcela

Já questionados sobre o que pretendem fazer com a segunda parcela do seu décimo terceiro, apenas 15,3% irá pagar contas e a maioria (29,9%) pretende fazer compras diversas. “A segunda parcela acaba sendo direcionada muito mais para as compras do período natalino, onde para o comércio é o melhor momento das vendas”, comenta Granja.

Dos entrevistados ainda, com a segunda parcela 4,4% irão fazer alguma viagem, 20,4% irão economizar e 29,9% ainda não sabem.

Fonte: CDL Cuiabá


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário