Foto: Reprodução

Hospital Geral empresta ultrafreezer para Cuiabá, que deve receber vacina da Pfizer

Da Redação

O Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá (HG) formalizou a cessão de um ultrafreezer da marca INDREL, com temperatura até – 86ºC e capacidade de 486 litros, para armazenamento de doses do imunizante do laboratório Pfizer/BioNTech por parte da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na campanha de vacinação contra a covid-19. O ofício foi assinado e enviado pela médica Flávia Galindo, presidente do Conselho Deliberativo da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Cuiabá, que administra o HG, após interlocução do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho.

“Considerando o cenário atual da pandemia do COVID-19 e da possibilidade de início de vacinação com o imunizante da Pfizer/BioNTech, que utiliza a tecnologia de mRNA e requer sua armazenagem em ultrafreezeres com a temperatura de -75ºC; Considerando a parceria de longa data existente entre a SMS de Cuiabá e esta instituição hospitalar; Informamos que estamos disponibilizando um ultrafreezer da marca INDREL com temperatura até -86ºC e capacidade de 486L, com backup de CO2 e nobreak para armazenamento de doses do imunizante da Pfizer/BioNTech por esta secretaria”, diz o documento.

Foto: Bruno Concha

O prefeito Emanuel Pinheiro já havia adiantado, na semana passada, que o apoio do parlamentar havia garantido que Cuiabá entrasse na rota das capitais brasileiras que poderão receber a vacina da Pfizer, através do Ministério da Saúde. “O deputado federal Emanuelzinho tem nos ajudado demais! Tem buscado muito apoiar Cuiabá! Tem sido uma revelação na Câmara dos Deputados, em Brasília, não só trazendo recursos, isso ele tem feito muito bem! Ele está fazendo mais ainda e buscando a inclusão, a solidariedade e a justiça social em todos os aspectos, inclusive na vacinação, que ele conseguiu articular forças e esforços para garantir, por exemplo, numa parceria com o Hospital Geral, que a vacina Pfizer pudesse vir para Cuiabá”, disse.

De acordo com o Ministério da Saúde, foi firmado um contrato prevendo 100 milhões de doses da vacina da Pfizer e o primeiro lote com 1 milhão de doses virá da fábrica na Bélgica, com desembarque no Brasil previsto para a noite desta quinta-feira (29). De acordo com a secretária municipal de saúde, Ozenira Félix, ainda não houve comunicação de quando o imunizante deve chegar a Capital, mas adiantou que, assim que as doses chegarem, a SMS buscará o ultrafreezer cedido pela direção do Hospital Geral.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário