Foto: Reprodução

“É um marco na Segurança porque impede os bandidos de escutarem os agentes”, diz governador

Da Redação

O governador Mauro Mendes afirmou que a radiocomunicação digital é um marco na Segurança Pública de Mato Grosso. A nova tecnologia foi ativada nesta quinta-feira (15) pelo próprio governador, que operou uma transmissão com agentes de segurança em Rondonópolis (216 km de Cuiabá).

O ato foi acompanhado pelo promotor de Justiça Mauro Zaque; pelos secretários de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamente, e de Gabinete de Governo, Jordan Espíndola; pelos comandantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, coroneis Jonildo Assis e Alessandro Borges, respectivamente; e por demais autoridades de Segurança.

“Não tenho dúvida de que nos próximos dois anos vamos ter um estado tecnologicamente muito bem equipado. Não é um desejo, é uma necessidade imperiosa caminhar ao lado da tecnologia, para prestar um serviço com eficiência e custando menos para a sociedade”, ressaltou o governador.

Mauro Mendes destacou que a radiocomunicação digital abrangerá as unidades da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Perícia Oficial e Identificação Técnica e Sistema Penitenciário.

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

O principal ganho dessa ferramenta é que a transmissão passa a ser totalmente digital, com dados criptografados, ou seja, que não podem ser interceptados pelos criminosos. Desta forma, não há possibilidade de bandidos “copiarem” a frequência de transmissão e ouvirem os diálogos mantidos entre as forças de Segurança.

“É um marco na Segurança Pública porque ela traz segurança na nossa comunicação. Traz a confiabilidade que nós precisamos ter para que as forças de Segurança possam atuar de maneira estratégica, coordenada, e efetivamente garantir o sigilo do diálogo entre as nossas forças de Segurança, porque impede os bandidos de escutar a conversa dos nossos agentes”, pontuou.

A nova tecnologia foi viabilizada com recursos de R$ 10 milhões, valores oriundos de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre a Sesp e o Ministério Público Estadual. Foram adquiridas 19 conjuntos de Estações Repetidoras (ERB’s), 950 unidades de rádio portátil, 160 rádios móveis e 80 fixos, além de demais instrumentos necessários.

Inicialmente, a tecnologia será disponibilizada para a região metropolitana e, posteriormente, expandida a outros municípios.

“É uma grande aquisição que vai trazer mais segurança para a Baixada nesta primeira fase, que será ampliada, e teremos essa tecnologia em todo o estado de Mato Grosso até 2022. Será um dos grandes legados para o funcionamento e celeridade da comunicação na Segurança Pública. Agradeço ao promotor de Justiça Mauro Zaque, ao secretário Bustamente, à Polícia Rodoviária Federal e a todos os nossos servidores da Segurança Pública, que trabalharam para colocar esse projeto em funcionamento”, concluiu o governador.

Fonte: Secom-MT


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

1 votes, 5 avg. rating

Deixe um comentário