Foto: Luiz Alves

‘Cuiabá não estoca vacina, mas reserva segunda dose”, explica Prefeito de Cuiabá

Da Redação

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, lamentou que algumas pessoas propaguem informações falsas quanto às reservas de segunda dose das vacinas. Recentemente, surgiram informações de que a Capital estaria ‘estocando’ os imunizantes. Ele ainda garante que a Capital não usa a segunda dose como se fosse a primeira para melhorar o ranking de imunização.

“Vejo em noticiários que alguns municípios que pararam de vacinar e, para melhorar no ranking, começaram a vacinar com a segunda dose como se fosse a primeira. Aqui em Cuiabá, não funciona assim. Quem vacinou com a primeira dose pode dormir tranquilo que após os 28 dias terá sua vacina. Se for Coronavac vai estar lá, a Coronavac. Não existe a menor possibilidade de faltar”, garantiu o prefeito.

No mês passado, o Ministério da Saúde autorizou que remessa de doses poderia ser usada inteiramente para a primeira imunização, o que foi prontamente executado pela coordenação da campanha em Cuiabá. Poucos dias depois as segundas doses foram enviadas, evitando o comprometimento da conclusão da imunização. A partir de então, todas as remessas recebidas voltaram a ser entregues com dose 1 e dose 2, e Cuiabá continuou a reservar as segundas doses para aplicar no prazo correto.

Atualmente são cinco pontos de vacinação instalados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em Cuiabá:

= Estacionamento do Sesi Papa;

= Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT);

= Centro de Eventos do Pantanal;

= Sesc Balneário;

= Estacionamento da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Até a data desta segunda-feira (26), foram 110.459 vacinados – sendo 82.730 na primeira dose e na segunda dose foram 27.729 vacinados.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário