Foto: Reprodução

Câmara cobra para que União, Estados e Município caminhem juntos

Da Redação

A Câmara Municipal de Várzea Grande realizou sessões ordinárias nesta segunda-feira (30). As sessões contaram com a presença de todos os vereadores e com os servidores essenciais para a realização das deliberações, mas sem a presença do público, devido a pandemia de Coronavírus (Covid-19).

Além disto, também foram disponibilizadas máscaras, álcool em gel, como também houve um espaçamento de 1,5 metro de distância entre os parlamentares.

Conforme o presidente da Casa de Leis, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM), por conta da pandemia de Coronavírus, os munícipes podem acompanhar as deliberações ao vivo pela internet ou assistir na hora que quiser na íntegra pelo canal da Câmara Municipal de Várzea Grande no YouTube dando total transparência as votações.

“Todos os vereadores gostariam que a nossa galeria estivesse sempre lotada. Porém, devemos preservar a saúde da nossa população, dos servidores, como também dos vereadores”, destaca Fabinho.

Foram debatidos vários projetos de interesse do Município, mas o foco principal foi a cobrança de todos os vereadores que a União, Estado e Município caminhem juntos no combate ao Coronavírus mantendo o isolamento social necessário mas também criando mecanismos de proteção à economia.

“Precisamos de regras claras e para todos. O comerciante precisa ser melhor orientado sobre o que pode fazer nesse período”, defendeu a Primeira Secretária da Mesa Diretora, Gisele Aparecida de Barros – Gisa Barros (PSB).

A Câmara aprovou também a inclusão no Regimento Interno das Sessões Virtuais através de videoconferência e aplicativos de internet.

“Não podemos parar de trabalhar, mas temos que fazer isso com segurança e proteção à população. Se necessário vamos fazer as sessões por videoconferência e transmitidas ao vivo pra todos verem nosso trabalho. Continuamos legislando e fiscalizando da forma que nos orientou o Tribunal de Contas e os Órgãos de Saúde, de forma interna por enquanto e acredito que por poucos dias”, garantiu Fabinho.

Fonte: Assessoria


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário