Foto: Reprodução

Acervo de Dunga Rodrigues será restaurado

Da Redação

O Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso (IHGMT) irá restaurar os móveis do acervo de Dunga Rodrigues guardados pelo Instituto, além de diversos jornais. A ação iniciou neste mês de fevereiro com distribuição de tarefas aos participantes do projeto, transporte dos móveis para restauro e revitalização do espaço físico existente na Casa Barão para receber os móveis restaurados.

Viabilizada por meio do projeto ‘Mato Grosso Uno: uma proposta de preservação da memória mato-grossense’, a iniciativa foi contemplada no edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) com recursos da lei Aldir Blanc. O projeto prevê a a contratação de formandos em História para garantir o trabalho de identificação e descrição dos periódicos já que o instituto Inão possui um corpo de servidores, mas, sim de voluntários.

Um baú pintado pelas próprias mãos de Dunga Rodrigues é uma das peças a serem restauradas. Doado em 2001, o móvel aparece no documentário Dunga Rodrigues da série imagem da Terra. Segundo, a professora Elizabeth Madureira Siqueira, curadora da Casa Barão de Melgaço, Dunga se gabava de tê-lo pintado.

Quando Dunga faleceu, em 2001, a família doou um expressivo mobiliário que incluía alguns móveis confeccionados no Arsenal de Guerra de Mato Grosso, atual SESC Arsenal, onde Firmo Rodrigues, pai de Dunga, era diretor. Para servir de laboratório de restauro e de higienização do acervo institucional de jornais, o IHGMT revitalizará ainda o espaço contíguo ao seu Anfiteatro.

Após a restauração, que será executada por Mariza Deliberador Mickosz, e a conclusão da revitalização do espaço físico bem como da digitalização dos jornais, o IHGMT poderá receber turistas, alunos e a comunidade em geral para conhecer os móveis devidamente identificados por membros da Casa.

Fonte: Secel-MT


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário