Foto: Luiz Alves

Abílio desponta em 1º lugar na disputa a prefeito de Cuiabá

Da Redação

Gazeta Dados

O candidato do Podemos, Abílio Júnior, lidera a primeira pesquisa do instituto Gazeta Dados para a Prefeitura de Cuiabá, com 33,33% dos votos válidos, na modalidade estimulada. Logo em seguida, com 29,34% das intenções de voto surge Roberto França (Patriota), acompanhado de perto pelo atual prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB), com 24%.

Na lista dos candidatos apresentados na pesquisa para escolha do entrevistado, aparece em quarto lugar a candidata Gisela Simona (Pros), com 9,34%. Aécio Rodrigues (PSL), Julier Sebastião da Silva (PT) e Gilberto Lopes Filho (Psol), somam 1,33% das intenções de voto cada um.

A pesquisa foi realizada com 1 mil moradores de Cuiabá entre os dias 8 e 10 de outubro. O método utilizado é o Survey, que consiste em pesquisa de metodologia quantitativa com realização de entrevistas utilizando questionário estruturado junto a uma amostra representativa da população. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número MT-02575/2020. O Gazeta Dados também mediu as opiniões dos pesquisados de forma espontânea, ou seja, sem apresentar os nomes dos postulantes ao Palácio Alencastro.

Neste cenário, Abílio Júnior (Podemos) novamente encabeça a lista de candidatos, tendo a preferência de 22% das pessoas que responderam à pesquisa. Em segundo lugar está Roberto França (Patriota), com 17% e, logo atrás, Emanuel Pinheiro, com 15%. Gisela Simona (Pros) tem 6% e Julier Sebastião ficou com 1%. Os demais candidatos não somaram 1% dos votos. Não souberam ou não responderam à pesquisa 28% dos entrevistados.

Segundo turno

Na simulação de confrontos entre os candidatos no segundo turno, Abílio Júnior derrotaria os seus adversários. Numa eventual disputa com Emanuel Pinheiro, Abílio venceria por 37% a 24%. Se a rival fosse Gisela Simona, o placar seria de 35% a 17% dos votos. Com Roberto França, segundo a pesquisa, o triunfo seria mais apertado (33% a 27%). O Gazeta Dados também simulou um eventual segundo turno sem a presença de Abílio Júnior. Um confronto entre Roberto França e Emanuel Pinheiro, por exemplo, teria o candidato do Patriota com 33% e o atual prefeito com 23%.

Rejeição

No ranking da rejeição, o candidato Emanuel Pinheiro foi o mais citado entre os entrevistados, com 50% das respostas. Em seguida, o mais rejeitado é Julier Sebastião, com 42%. Gilberto Lopes é rejeitado por 39% dos pesquisados enquanto que Paulo Henrique Grando (Novo) tem 36%. Roberto França e Gisela Simona receberam 34% dos ‘votos’ cada um. Já Abílio Júnior conta com uma taxa de rejeição de 29%.

Gazeta Dados

Fonte: Gazeta Digital


O que achou desta matéria? Dê sua nota!:

0 votes, 0 avg. rating

Deixe um comentário